Blog da DaniNewsRun

Relembre casos de diarreia que deixaram corredores envergonhados

0
Powered by Rock Convert

Além do chinês que teve diarreia durante a Meia Maratona de Xangai, outros casos de “piriri” marcaram o mundo esportivo e deixaram alguns atletas envergonhados. Relembre alguns:

Nos Jogos Olímpicos do Rio-2016, o atleta francês Yohann Diniz disputava a marcha atlética de 50 km no Rio de Janeiro, liderava a prova e quando estava mais de 1 minuto à frente do segundo colocado teve uma forte dor de barriga e fez as necessidades enquanto marchava, sujando as pernas e o calção.

Paula Radcliffe ficou famosa por ter parado para uma pausa no banheiro durante a Maratona de Londres em 2005, depois que seu estômago reagiu mal à sua refeição antes da corrida.

A lenda da Inglaterra Gary Lineker também sofreu o mesmo embaraço no campo de futebol durante um confronto contra a Irlanda na Copa do Mundo de 1990.

Foto: Reprodução

O CASO DO CHINÊS

O maratonista chinês Wu Xiangdong começou a sofrer de diarreia durante a Meia Maratona Internacional de Xangai, realizada em seu país natal no último final de semana.

Ele brigava pela liderança da prova com um atleta africano quando se sentiu indisposto na altura do km 14 e acabou fazendo suas necessidades durante a corrida. Wu admitiu que se sentiu “indisposto”, mas continuou até que atingisse a vitória.

Para Wu, se ele não tivesse tido o imprevisto, ele teria corrido ainda mais rápido. “Fiquei realmente aliviado quando cruzei a linha de chegada. Parecia que eu tinha mais poder depois de excretar tudo durante a corrida”.

Wu acha que sua diarreia pode ter sido provocada por causa das roupas molhadas. Ele disse: “Ou porque eu só tinha um pedaço de pão e bebia água mineral. Eu não acho que foi por causa do que eu comi”.

Muito envergonhado Wu, corredor chinês mais rápido a completar o percurso da meia maratona com o tempo de 1h6min16seg, disse:

“Eu não aguentava o cheiro. Continuei correndo e não parei (para ir ao banheiro porque não havia nenhum) e queria vencer o corredor africano no final”.

O vencedor da Meia Maratona de Xangai foi Antenay Gadnachew Yisma, com o tempo de 1h02min32seg.

Wu finalizou o relato sobre o mal-estar dizendo: “Foi um grande alívio ter tido o banheiro no final. Eu não quero lembrar desta corrida”.

Com informações do The Sun.

Powered by Rock Convert

3 meses: Dani-se. Vou Correr conquista 10 mil seguidores

Artigo anterior

Dói até em pensamento: ultramaratonas extremas e desafiadoras

Próximo artigo

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X