Saúde do Corredor

15 passos para você não sabotar a dieta ao buscar corpo atlético

0

A dieta é uma grande aliada na busca pela tão sonhada boa forma física. Mas, muitas vezes, apesar de todo empenho e determinação, os resultados não aparecem, ou demoram a aparecer, causando uma grande frustração e desestimulando as pessoas a seguirem seus planos de reeducação alimentar. Pior que isso, muitas vezes erros simples, como supervalorizar alguns alimentos, consumir pouca água, não comer antes de dormir e até mesmo confundir cansaço mental com cansaço físico, podem comprometer os planos até mesmo dos pacientes mais dedicados.

O nutricionista Diogo Cirico, responsável técnico pela Growth Supplements, elenca 15 erros cometidos por quem faz dieta e dá dicas de como mudar o comportamento para conquistar um corpo saudável e alimentação balanceada. “O primeiro passo é firmar um propósito, ter programação e metas. Definir onde você quer chegar, determinar peso na balança, composição corporal, é muito importante”, diz.

Algumas pessoas, diz o especialista, têm uma visão mais racional e encaram a dieta como uma missão, outras têm uma relação afetiva com a comida e lembram a todo momento que passam por restrições. “Você não deve ficar pensando o dia inteiro no que pode ou não pode comer. Tenha uma programação com suas refeições e foque no que deve fazer. Faça dieta, não viva em dieta!”, afirma.

Sem trégua

Cirico conta que um erro recorrente e que pode colocar a perder todo esforço é abusar no final de semana. “Reduzir gordura é um processo lento, que acontece um pouco por dia. Quando o processo é interrompido no final de semana, há um impacto. É preciso ser mais criterioso com aquilo que colocamos no prato e com os nossos hábitos. Assim fica fácil alcançar os objetivos”, afirma.

Um erro que muita gente comete é o de deixar de se alimentar antes de dormir quando deseja perder peso. “Dietas ricas em proteínas, especialmente antes de dormir, resultam em maior gasto calórico pela digestão, melhor preservação de massa magra e esta proteína não irá gerar gordura”, afirma.

Uma coisa é uma coisa

A rotina de atividade física é essencial para quem quer melhorar a saúde e qualidade de vida. “É preciso mudar a mentalidade para incorporar a atividade física como um hábito. E um erro que pode prejudicar esse processo é confundir cansaço mental com cansaço físico. Muita gente deixa de treinar porque não consegue identificar quando a mente, e não o corpo, está cansada”, afirma.

O poder dos nutrientes

Um erro muito comum e que pode comprometer o sucesso de qualquer alimentação saudável é supervalorizar um ou outro alimento. “Não existe só um alimento indispensável à dieta. Todos os alimentos possuem vários nutrientes e agem em conjunto”, conta.

15 erros que podem arruinar sua dieta

1 – Não ter programação e metas – é preciso definir o que deseja e em quanto tempo
2 – Excesso de proteína – pode gerar má digestão, mal-estar e desestimular a continuação da dieta
3 – Deixar de fazer dieta final de semana – a queima de gordura é um processo contínuo
4 – Fazer dieta, não viver em dieta – ter foco e não ficar pensando o tempo no que não pode comer
5 – Confundir cansaço mental com cansaço físico – é preciso saber diferenciar.
6 – Deixar de se alimentar antes de dormir – dietas ricas em proteínas melhoram o gasto energético
7 – Supervalorização de alimentos – Todos os alimentos possuem vários nutrientes e agem em conjunto
8 – Deixar de padronizar as refeições – padronizar as refeições em quantidade de alimento garante o consumo dentro da quantidade esperada para o objetivo
9 – Retirar feijão da dieta – Comer feijão aumenta a saciedade e pode levar a uma melhor perda ou controle das taxas de gordura
10 – Consumo insuficiente de água – Água mantém as células com nutrientes para o perfeito funcionamento do corpo.
11 – Supervalorizar os suplementos – suplementos devem ser usados para complementar uma dieta, não garantem resultados por si só
12 – Deixar de consumir vegetais – Consumir pelo menos 5 porções de vegetais diferentes todos os dias
13 – Deixar de fazer avaliação física – Avaliação física é uma das ferramentas que mostram a evolução da forma física e o que pode ser feito
14 – Deixar de treinar quando está doente – Exercício física ativa o sistema de defesa do corpo
15 – Desprezar o básico – Descobrir o melhor para cada um com base em fontes seguras e não em tendências

Regiani Pimenta corre, dança, arrasa nas fotos e indica roteiros para você fazer (e correr!) no ES

Artigo anterior

Quais esportes são indicados para a idade do seu filho

Próximo artigo

Comentários

X