Medal MondayRelatos de Corredores

Medal Monday | Rafael Souza

0

“No ano de 2019 eu senti a força que nós, seres humanos, temos e não imaginamos. Fiz a minha primeira ultramaratona oficial, já havia corrido outras quilometragens maiores, mas nada oficializado. Ao terminar essa prova, fiz uma reflexão e vi o quanto somos capazes de conquistar o que desejamos. Essa medalha teve um sabor mais que especial, porque além de concluir a prova com sucesso, subi ao pódio, no 2º lugar na minha categoria. Isso mostra que, quando queremos algo, temos condições de alcançar lugares que jamais imaginamos. A sua determinação, disciplina e força de vontade para vencer, te levará a lugares altos. Relato de um corredor que era sedentário, pesava quase 100kg. Dei a volta por cima e descobri na corrida, o quanto sou mais que um VENCEDOR. Glória a Deus por tudo!”

Obs: o maior G I G A N T E a ser vencido, é V O C Ê.

Medal Monday | A gente coleciona um montão de medalhas, né? Mas tem AQUELA que olhamos com mais carinho! Seja porque foi a primeira, porque suou muito para conquistar, porque era aquela prova ou distância dos sonhos ou simplesmente pq ela é linda e especial… Quer participar do quadro Medal Monday e ter a história da sua medalha favorita publicada aqui às segundas-feiras? Então, dá uma olhada aí no seu porta-medalhas e conta pra mim: “qual delas marcou mais a sua vida?” Mande um email para [email protected] ou me chama inbox que eu vou te ajudar a contar pra todo mundo a sua paixão.

Maratona de Londres ainda pode ocorrer em outubro

Artigo anterior

Com 29kg a menos, Rose Santos foi dos 5k aos 235k

Próximo artigo

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X