Saúde do Corredor

Amor fitness: confira os benefícios no corpo e na mente

0

Experimente começar um relacionamento para ver se os números na balança não vão subir. São vários os motivos: para dar início a conquista, são comuns refeições mais pesadas, jantares com bebidas alcóolicas e aqueles restaurantes com sobremesas de deixar qualquer pretendente apaixonado. Também pode acontecer o que acreditamos ser a fase mais desafiadora do relacionamento: morar juntos. Aí é a nova rotina que pode mexer com o cardápio.

Mas, em meio a tantos desafios da rotina a dois, a nutricionista Tatiane Schallitz (@tatischallitz) da equipe Nutrindo Ideais (@nutrindoideais), explica que a perda de peso pode ser potencializada com a ajuda do parceiro. Quando o casal visa uma rotina saudável em conjunto, são estes alguns fatores que contribuem para o sucesso:

  • Motivação: uma rede de apoio mútuo dentro de casa. Quando um precisar de suporte, em dias mais difíceis, o outro estará para lembrar os motivos que os levaram a começar e todos os benefícios de se manter nesse caminho;
  • Ambiente: quando o casal embarca junto numa vida saudável, a chance de ter “tentações”, por parte de um dos dois, diminui, além das compras para casa serem voltadas ao mesmo fim; o ambiente de um casal que visa uma rotina saudável favorece a manutenção de um estilo de vida saudável;
  • Organização/Praticidade: facilidade para organizar as compras e preparações para planejar as refeições, o que faz com que ganhemos tempo; é muito mais fácil planejar as refeições à dois, do que ficar cozinhando ou comprando coisas diferentes de forma separada;
  • Criação de uma rotina saudável para a família: os novos hábitos do casal se tornam um novo e melhor costume para a casa de maneira geral, beneficiando os filhos, que acabam por ser estimulados com os bons hábitos.

AQUELAS ENDORFINAS EXCITANTES

Para o Dr. Higor Caldato, psiquiatra e sócio da clínica Nutrindo – Os casais que desejam ficar mais próximos na correria da vida, podem tentar conciliar para realizarem as refeições e a prática de exercício físico juntos. Isso pode ajudar muito no relacionamento de casais que estão percebendo que as tarefas individuais de cada um estão atropelando a vida conjugal.

“Enquanto as endorfinas são liberadas quando você se exercita sozinho ou em dupla, mais endorfinas serão liberadas quando você estiver com um parceiro, você tende a sorrir mais, o que é uma atividade de liberação de endorfina por si só. Essa elevação de humor não é apenas boa para o seu nível de condicionamento físico (já que você tende a aproveitar mais os treinos), mas também tem um impacto positivo e de longo prazo em seu relacionamento com seu parceiro fora da academia. Ser feliz junto mantém o casal unido”, completa.


Tatiane Schallitz. Nutricionista parte da equipe da Nutrindo Ideais, graduada pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Pós-graduando em Fitoterapia pela UNIFATEC. Antropometrista ISAK I. Experiência em Nutrição Esportiva, Comportamental e Vegetarianismo.

Dr. Higor Caldato, médico psiquiatra e sócio da Nutrindo Ideias. Graduado em medicina pelo Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos (ITAC/FAHESA), fez sua residência médica em psiquiatria pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), bem como suas especializações de psicoterapias e transtornos alimentares também pela universidade carioca.

Confira a íntegra do Programa Dani-se. Vou Correr deste sábado (11/06/2022)

Artigo anterior

Lista de exercícios funcionais para fazer junto com o seu par

Próximo artigo

Comentários

X